AGIR – Programa de Acções para uma Governação Inclusiva e Responsável

NOTA DE REPÚDIO

O PROGRAMA DE ACÇÕES PARA UMA GOVERNAÇÃO INCLUSIVA E RESPONSÁVEL (AGIR) CONDENA VEEMENTE ATENTADO À LIBERDADE DE EXPRESSÃO MANIFESTO EM ACTO DE RAPTO E TORTURA CONTRA O ACTIVISTA E JORNALISTA ERICINO DE SALEMA

Foi com tamanha indignação que o PROGRAMA AGIR tomou conhecimento, na tarde de 27 de Março de 2018, do rapto do seu ex-colaborador, jornalista e activista de direitos humanos ERICINO DE SALEMA, em Maputo, o qual foi posteriormente levado até algures na periferia e foi severa e brutalmente torturado, estando neste momento a lutar pela vida numa das unidades hospitalares da capital do país.

Consideramos esta acção uma violação à Liberdade de Imprensa e à Liberdade de Expressão, direitos estes que o Ericino de Salema sempre defendeu e lutou para que fossem respeitados. Esta luta foi sempre manifestada pelo activista Salema que é também comentador residente de um dos programas televisionados de opinião pública mais assistidos no país, onde é conhecido por ser frontal, honesto e directo.

Nós acreditamos que não existe democracia, sem liberdade de expressão. Não existe paz, sem liberdade de expressão. Não existe desenvolvimento, sem liberdade de expressão. Não existe o Estado de direito, sem liberdade de expressão. Por isso, vimos através deste comunicado, manifestar o nosso TOTAL REPÚDIO ao acto de que foi alvo e vítima.

À todos moçambicanos e moçambicanas crentes na convicção de uma nação livre e segura, discípulos de uma cultura de paz e apoiantes da liberdade de expressão, queremos manifestar a nossa solidariedade e apoio.

QUE SE FAÇA JUSTIÇA!

Partilhe este artigo

AGIR

AGIR

O AGIR – Acções para Uma Governação Inclusiva e Responsável, é um programa de apoio e capacitação das Organizações da Sociedade Civil (OSC´s) Moçambicanas, cuja primeira fase de implementação decorreu de 2010 a 2014. Desde Janeiro de 2015 até Dezembro de 2020 decorre a segunda fase, com a duração de seis anos, tendo a Embaixada da Suécia como seu principal financiador, com apoio suplementar das Embaixadas da Dinamarca e Países Baixos.

Close Menu