AGIR – Programa de Acções para uma Governação Inclusiva e Responsável

Mecanismos de financiamento às organizações da sociedade civil

Categorias de financiamento

O Programa AGIR II detém 04 categorias de financiamento às organizações da sociedade civil, nomeadamente:
1. Apoio Institucional;
2. Fundos Ágeis;
3. Fundos para Iniciativas Inovadoras; e
4. Pequenos Financiamentos.

ALGUNS PRINCÍPIOS PARA FINANCIAMENTO
• Fundos disponíveis ao longo de todo o ano
• Apenas organizações nacionais são elegíveis
• As acções a serem levadas a cabo devem ser relevantes para o País, Província, Distrito, Localidade, aldeia, bairro ou organização
• Propostas relacionadas com as Tecnologias de Informação e Comunicação devem seguir os princípios digitais
• Todas as proposta devem envolver jovens e ter em conta áreas transversais como HIV e SIDA, género, meio ambiente

ALGUMAS ÁREAS DE ELEGIBILIDADE
• Monitoria de serviços públicos
• Prestação de contas do governo
• Acesso à informação e capacitação da media
• Recursos naturais e indústria extractiva
• Acesso à terra por grupos desfavorecidos
• Agricultura
• Promoção de direitos humanos para pessoas e grupos marginalizados
• Meio ambiente, incluindo mudanças climáticas
• Redução de riscos de desastres
• Desenvolvimento de capacidades das OSC

DOWNLOAD DAS CATEGORIAS DE FINANCIAMENTO

 

Partilhe este artigo

AGIR

AGIR

O AGIR – Acções para Uma Governação Inclusiva e Responsável, é um programa de apoio e capacitação das Organizações da Sociedade Civil (OSC´s) Moçambicanas, cuja primeira fase de implementação decorreu de 2010 a 2014. Desde Janeiro de 2015 até Dezembro de 2020 decorre a segunda fase, com a duração de seis anos, tendo a Embaixada da Suécia como seu principal financiador, com apoio suplementar das Embaixadas da Dinamarca e Países Baixos.

Close Menu